Sindcontrole parabeniza novos dirigentes do TCE-RO e do MPC-RO

Foto: TCE-RO

Foto: TCE-RO

O Sindicato dos Profissionais de Controle Externo do Tribunal de Contas do Estado de Rondônia (Sindcontrole) parabeniza o conselheiro Paulo Curi Neto e o procurador Adilson Moreira de Medeiros, que tomaram posse na manhã desta sexta-feira (13), durante solenidade no auditório do Tribunal de Contas do Estado de Rondônia (TCE-RO), em Porto Velho.

Paulo Curi Neto tomou posse como novo presidente do Tribunal de Contas de Rondônia (TCE-RO), para o biênio 2020/2021, assumindo a vaga do conselheiro Edilson de Sousa. Além de Paulo, o novo corpo diretivo também foi empossado, sendo o vice-presidente, conselheiro Benedito Antônio Alves; e o corregedor-geral, conselheiro José Euler Potyguara Pereira de Mello.

Já Adilson Moreira de Medeiros foi empossado novo presidente da Procuradoria-geral do Ministério Público de Contas de Rondônia (MPC-RO). Após a posse, todos fizeram o juramento protocolar de compromisso e fizeram a assinatura do livro de registro.

O presidente do Sindcontrole, Hermes Murilo Melo, parabenizou os novos presidentes do TCE-RO e MPC-RO, pela posse. “Parabenizo ao Paulo Curi Neto e o Adilson Moreira, pela posse como novos dirigentes de órgãos tão importantes, que trabalham em prol das contas públicas do nosso estado. É um tempo novo, onde um belíssimo trabalho será feito e o Sindcontrole abre as portas para recebê-los e estreitar laços, para fortalecer nossa classe”.

Prestigiaram o evento autoridades estaduais e federais, integrantes dos Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, do Ministério Público e da Defensoria Pública, além de representantes da Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Rondônia (OAB-RO), das Forças Armadas, setor produtivo (Fiero e Fecomércio), gestores e servidores públicos.

Estiveram também representantes de entidades que congregam os órgãos de controle, a exemplo da Associação Nacional dos Membros dos Tribunais de Contas (Atricon), Conselho Nacional dos Presidentes dos TCs (CNPTC), Instituto Rui Barbosa (IRB) e Associação Nacional dos Ministérios Públicos de Contas (Ampcon).

O conselheiro Paulo Curi, durante seu primeiro discurso como novo presidente do TCE-RO destacou pontos positivos da gestão de Edilson de Sousa,

Foto: TCE-RO

Foto: TCE-RO

que deixou um importante legado para a instituição. Ainda, citou diretrizes que pretende executar em seu mandato, como o combate a fraudes e corrupção e a busca da melhoria das políticas públicas aplicadas à educação.

“A educação será um tema prioritário de análise do TCE nos próximos dois anos. Pretendemos ser um agente colaborador da gestão pública, além de manter uma forte interlocução com a sociedade civil e com organizações que atuam nessa área”, afirmou o conselheiro”.

Foto: TCE-RO

Foto: TCE-RO

O conselheiro Edilson de Sousa fez seu discurso de agradecimento pelo trabalho à frente do TCE-RO, citando os pares, o MPC, servidores, órgãos parceiros e aos que o auxiliaram na condução dos destinos da Corte nos últimos quatro anos (2016/2017 e 2018/2019), onde o TCE-RO se consolidou como referência nacional.

Edilson destacou que a união “é ainda a melhor receita para que o TCE atinja seus objetivos e atenda às necessidades e expectativas da população, em um momento de profunda inquietação social e de intolerância diante da má aplicação de recursos públicos e da corrupção”.

Por fim, parabenizou o presidente empossado, Paulo Curi, deixando uma mensagem de otimismo pela nova jornada. “Entrego-lhe essa honrosa missão, pois sei que estará em boas mãos”, concluiu.